Guaraná

Nome científico: Paullinia cupana
Origem: selva amazônica

 

Descrição

O guaraná é um pequeno fruto da selva amazônica com uma casca geralmente de cor vermelha alaranjada que se abre ao amadurecer deixando ver a polpa branca e sementes negras como olhos.
Esta planta contém cafeína (chamada guaranina no guaraná).

O guaraná é encontrado geralmente na composição de bebidas energéticas.

 

selva amazonia fruto

Propriedades

  • Estimulante
  • Alivia as cefaleias (dor de cabeça)
  • Digestivo
  • Diurético
  • Analgésico
  • Melhora o rendimento cerebral
  • Potencia o desempenho esportivo

O guaraná tem principalmente um efeito benéfico sobre a energia e o alerta mental.

O alto conteúdo de taninos (até 12%) permite que a guaranina (ou cafeína) se disperse mais lentamente e com menos violência, evitando assim o estado de agitação e nervosismo típico dos consumidores de café.

 

Composição

Alcaloides

Guaranina Derivado da purina, similar à cafeína – Alivia as enxaquecas
– Elimina a sonolência e a fatiga
Teofilina Metilxantina – Psicoanaléptico, estimulante do sistema nervoso central e favorece o ânimo.
– Broncodilatador: aumenta o diâmetro dos brônquios permitindo uma melhor respiração.
– Diurético
Teobromina Metilxantina, também encontrada no cacau – Tem um efeito positivo no humor
– Vasodilatador, permite diminuir a pressão arterial (deixando mais espaço para que o sangue circule) e aumenta o fluxo sanguíneo
– Cardioestimulante
  • Proteínas (15 %)
  • Taninos catéquicos (12%) – propriedades coleréticas, estimula a secreção da bílis dentro do fígado, o que favorece a eliminação da gordura. É utilizado em casos de diarreias, infecções gastrointestinais e enterocolites (inflamação do intestino grosso e do cólon)
  • Glícidos, saponinas triterpênicas, cianolípidos e sais minerais
  • Vitaminas A, B e E

Outras propriedades

  • Melhora a memória
  • Afrodisíaco
  • Antioxidante
  • Antienvelhecimento
  • Antiasmático
  • Bronco protetor
});